Colheita das maçãs na região sul garante emprego digno aos indígenas de MS

Categoria: Geral | Publicado: quarta-feira, fevereiro 5, 2020 as 11:16 | Voltar


Campo Grande(MS) –
Nesta semana, os indígenas intermediados pela Fundação do Trabalho de MS(Funtrab) iniciam a colheita das maçãs nas lavouras de Vacaria/RS.

Equipes da Funtrab se deslocaram para as aldeias do interior do Estado para realizar o cadastramento dos indígenas interessados em trabalhar na colheita de maçã nas empresas de Santa Catarina e Rio Grande do Sul. Desde 2015 essa ação vem sendo realizada por meio de uma parceria entre Governo do Estado, Ministério Público do Trabalho (MPT), Comissão Permanente de Investigação e Fiscalização das Condições de Trabalho e Coletivo dos Trabalhadores Indígenas.

Tudo é feito para assegurar os direitos tanto para os trabalhadores indígenas como para as empresas. Além do salário de R$ 1.300, 00 as empresas contratantes de RS e SC são responsáveis pelo transporte (ida e retorno), alimentação, alojamento e cesta básica. Os ganhos podem variar de acordo com outras vantagens oferecidas, como gratificação por produtividade, por exemplo, podendo chegar à casa dos R$ 3 mil.

Para aumentar a empregabilidade na área, na primeira quinzena de dezembro do ano passado, a Funtrab promoveu capacitação dos indígenas de Aquidauana e Anastácio por meio do curso gratuito de manutenção de máquinas agrícolas. Vale lembrar que o curso sobre equipamentos agrícolas foi o único gratuito no Brasil. O curso foi realizado em parceria com as prefeituras de Aquidauana e Anastácio, representadas pelos prefeitos Odilon Ribeiro e Nildo Alves e a empresa Mosena(Massey Ferguson).
A previsão é de que para esta safra, as sete empresas da região sul devem contratar cerca de 5 mil indígenas do Estado.

 

Cláudia Yuri(Fundação do Trabalho de MS)

Publicado por: Claudia Yuri

Utilizamos cookies para permitir uma melhor experiência em nosso website e para nos ajudar a compreender quais informações são mais úteis e relevantes para você. Por isso é importante que você concorde com a política de uso de cookies deste site.