Funtrab sedia “Dia D Imigrantes e Refugiados” com vagas de empregos

Categoria: Emprego, Funtrab | Publicado: terça-feira, dezembro 14, 2021 as 10:57 | Voltar

Campo Grande (MS) – Estado acolhedor, Mato Grosso do Sul recebe imigrantes de várias partes do mundo, alguns deles em situação de vulnerabilidade. Para dar assistência a essas pessoas, na próxima sexta-feira (17.12) no prédio Fundação do Trabalho de MS (Funtrab), ocorrerá o “Dia D Imigrantes e Refugiados”, uma ação conjunta que visa intermediar vagas de empregos para estrangeiros. O evento ocorrerá das 8 às 11h e das 13 às 17h, na Rua 13 de maio, nº 2.773, Centro.

Um dos fatores que contribuem para a vinda de estrangeiros para o Estado é a posição geográfica com duas fronteiras secas, há registros no Comitê Estadual para Refugiados, Migrantes e Apátridas (Cerma/MS) de haitianos, indianos, colombianos, guineenses, palestinos, paraguaios, ugandenses, senegaleses, espanhóis, uruguaios, alemães, peruanos, argentinos, bolivianos, cubanos, africanos, sírios, palestinos, venezuelanos, portugueses, chilenos e panamenhos.

A Funtrab já realiza o serviço de intermediação de mão de obra para refugiados e imigrantes, em 2021 foram encaminhados 1.583 trabalhadores ao mercado de trabalho, o maior número de encaminhados foram trabalhadores de origem da Venezuela (1.141), Haiti (183) e do Paraguai 167 trabalhadores, dentre outros.

O objetivo do evento é intermediar o máximo de vagas de empregos para proporcionar aos imigrantes e refugiados a colocação no mercado de trabalho. No " Dia D”, os empresários terão exclusividade para seleção e um local disponível para realização de entrevistas.

Nesse dia, a Funtrab disponibilizará os servidores da Intermediação de Mão de Obra (IMO), que farão uma força-tarefa junto aos empresários, para disponibilizar o maior número de vagas. O diretor-presidente da Funtrab Marcos Derzi reforça a importância do acolhimento de todos os trabalhadores em MS, “ como agência pública é nosso dever atender todos os trabalhadores em MS, em especial o acolhimento para refugiados e imigrantes em situação de vulnerabilidade”, reforça Derzi.

O evento ocorre por meio de parcerias entre a Funtrab e o Tribunal Regional do Trabalho (TRT), Ministério Público do Trabalho (MPT), Secretaria de Estado de Direitos Humanos, Assistência Social e Trabalho (Sedhast), Receita Federal, Ministério do Trabalho e Previdência Social, Ordem dos Advogados do Brasil/ MS (OAB/MS), Comitê Estadual para Refugiados Migrantes e Apátridas no Estado de Mato Grosso do Sul (CERMA/MS).

Publicado por: mmelo@funtrab.ms

Utilizamos cookies para permitir uma melhor experiência em nosso website e para nos ajudar a compreender quais informações são mais úteis e relevantes para você. Por isso é importante que você concorde com a política de uso de cookies deste site.