GOVERNO APROVA AS PRIMEIRAS OPERAÇÕES DO PROGRAMA +CRÉDITO MS

Categoria: +Crédito-MS, Funtrab, Marcos Derzi, Microcrédito | Publicado: quinta-feira, setembro 9, 2021 as 16:41 | Voltar

Campo Grande (MS) – Nesta sexta-feira (10.09) ocorre a solenidade que marca a liberação das primeiras operações do Programa +Crédito MS (Programa Estadual de Microcrédito Produtivo e Orientado). O evento será no Auditório da Governadoria, às 9 horas.

No ato, os primeiros tomadores, todos empreendedores de pequenos negócios, receberão das mãos do governador um cheque simbólico, com o valor do crédito aprovado. O tomador poderá realizar o pagamento em até 24 (vinte e quatro) vezes, incluindo carência de até 06 (seis) meses, SEM JUROS (os juros serão integralmente subsidiados pelo Estado).

Os recursos adquiridos por meio do +CRÉDITO MS devem ser utilizados para o financiamento das atividades dos pequenos negócios com o objetivo de auxiliar o empreendedor nesse momento de dificuldade e facilitar o processo de retomada das atividades econômicas no Estado do Mato Grosso do Sul.

A Fundação do Trabalho de MS (Funtrab) é responsável pelo programa +Crédito MS, implementado em parcerias com o SEBRAE/MS (ServiçoBrasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas) e com as instituições financeiras e cooperativas de crédito. Segundo o diretor-presidente da Funtrab, Marcos Derzi, o evento sinaliza o compromisso do Governo do Estado com o segmento produtivo sul-mato-grossense: “Todos sabemos o quanto o empreendedor de pequenos negócios tem sofrido com os efeitos dessa crise econômica provocada pela pandemia do novo coronavírus. Liderados pelo nosso governador, estamos todos focados no desenvolvimento e entrega de políticas públicas que, efetivamente, socorram nossos trabalhadores nesse momento de dificuldades”, destaca Derzi.

O +Crédito MS integra o Programa “Retomada MS”, megapacote de investimentos na ordem de R$ 763 milhões, que vai apoiar os setores mais atingidos pela crise da Covid-19. Os benefícios previstos abrangem três eixos: auxílio financeiro, medidas fiscais e microcrédito, e representam a maior investida contra os impactos econômicos provocados pela pandemia.

Publicado por: mmelo@funtrab.ms

Utilizamos cookies para permitir uma melhor experiência em nosso website e para nos ajudar a compreender quais informações são mais úteis e relevantes para você. Por isso é importante que você concorde com a política de uso de cookies deste site.