Governo libera o +Crédito MS para os empreendedores em Rio Verde

Categoria: +Crédito-MS, Funtrab, Marcos Derzi, Microcrédito, Rio Verde MT | Publicado: quarta-feira, setembro 22, 2021 as 07:33 | Voltar

Na última terça-feira (21.09) o Governador Reinaldo Azambuja aproveitou a agenda em Rio Verde (entrega da obra de Pavimentação da Estrada das Águas)para realizar a entrega simbólica de três cheques do Programa Estadual de Microcrédito Produtivo e Orientado, o +Crédito MS, que oferta linha de crédito de até R$ 30 mil com juro zero para microempreendedores. O programa integra o “Retomada MS”, que investe R$ 800 milhões para salvar os setores mais atingidos pela crise do coronavírus em Mato Grosso do Sul.

Também participaram da solenidade desta manhã o secretário da Casa Civil, Sérgio de Paula, o diretor-presidente da Funtrab, Marcos Derzi, o diretor-presidente da Sanesul, Walter Carneiro Júnior, além de autoridades locais.

Os recursos adquiridos por meio do +CRÉDITO MS devem ser utilizados para o financiamento das atividades dos pequenos negócios com o objetivo de auxiliar o empreendedor nesse momento de dificuldade e facilitar o processo de retomada das atividades econômicas no Estado.

O tomador poderá ter a liberação de até 30 mil e realizar o pagamento em até 24 (vinte e quatro) vezes, incluindo carência de até 06 (seis) meses, SEM JUROS (os juros serão integralmente subsidiados pelo Estado).

Regras do +CréditoMS

A Fundação do Trabalho de MS (Funtrab) é responsável pelo programa +Crédito MS, implementado em parcerias com o SEBRAE/MS (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas) e com as instituições financeiras e cooperativas de crédito.

Na regulamentação do programa, o +Crédito MS, tem a finalidade de reinserir no cenário econômico os micros e os pequenos empreendedores formais e informais; incluir aqueles que pretendam empreender novos negócios de pequeno porte; e reduzir o desemprego a partir do surgimento de novos empreendimentos.

O +Crédito MS será para pessoas físicas e jurídicas que tenham renda ou receita bruta anual, limitada ao valor de R$ 360 mil, a linha de microcrédito poderá financiar até 30 mil.   O Fundo Estadual de Microcrédito (FEM) servirá como fundo garantidor dos financiamentos realizados pelos beneficiários perante as instituições financeiras e subsidiará 100% dos juros remuneratórios decorrentes dessas operações.

Joilson Francelino (Subcom) e Adriana Queiroz (Segov)
Fotos: Chico Ribeiro

Publicado por: mmelo@funtrab.ms

Utilizamos cookies para permitir uma melhor experiência em nosso website e para nos ajudar a compreender quais informações são mais úteis e relevantes para você. Por isso é importante que você concorde com a política de uso de cookies deste site.