MS conta com 674 novas empresas em janeiro de 2022, com tempo médio de abertura de 5h e 2 minutos

Categoria: GovernoMS | Publicado: quarta-feira, fevereiro 16, 2022 as 07:37 | Voltar

Os avanços tecnológicos e processuais implantados pela Semagro (Secretaria de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar) na Jucems (Junta Comercial de Mato Grosso do Sul), resultaram na redução significativa, de mais de duas horas, no tempo médio de aberturas de empresas pelo órgão em janeiro de 2022. No primeiro mês do ano foram registradas 674 novas empresas na Junta, com um tempo médio de abertura, de 5h e 2 minutos.

Das 674 novas empresas abertas em janeiro de 2022, 458 (67,95%) foram abertas por meio do registro automático de empresas da Jucems. “A opção pelo registro automático tem permitido a redução no tempo médio de abertura de empresas. Em 2021, esse prazo era de 7 horas e 6 minutos e agora foi reduzido para 5 horas e 2 minutos, demonstrando que o resultado da evolução tecnológica implantada pela Junta Comercial na prestação dos seus serviços”, comenta Augusto de Castro, presidente da Jucems.

De acordo com o secretário Jaime Verruck, “a Junta Comercial é hoje totalmente digital, sem a necessidade da presença física em suas instalações para todos os serviços demandados pelos usuários e está entregando aos empreendedores do Mato Grosso do Sul um ambiente de negócios facilitado e simplificado, ao mesmo tempo com segurança jurídica e confiabilidade”.

O presidente da Jucems reforça que a Jucems utiliza ferramentas modernas de tecnologia da informação, como a assinatura avançada. “Temos a disponibilidade de formulários padrões a serem utilizados, e também o visual law – ferramenta de apoio aos escritórios jurídicos, ficando o sistema disponível em todo o tempo aos usuários para o protocolo e solicitação de serviços e processos”, diz Augusto de Castro.

Conforme a série histórica da Jucems iniciada no ano de 2000, o mês de janeiro de 2022 foi o segundo melhor resultado de aberturas de empresas em igual período; no primeiro mês de 2021 foram abertas 708 empresas abertas. Das 674 empresas abertas em janeiro de 2022, 488 (72,40%) são do setor de serviços; 165 (24,48%) do setor do comércio e 21 (3,12%), indústrias.

Ainda conforme a Junta Comercial, no primeiro mês de 2022 foram extintas 355 empresas, resultado superior em 11,64% ao mês de janeiro de 2021, quando 318 empresas fecharam em Mato Grosso do Sul. De acordo com o órgão, o número de extinções de empresas é alavancado por dois principais fatores: o impacto das medidas decorrentes da pandemia causada pelo Covid-19 nas atividades empresariais e a extinção da cobrança da taxa pelas juntas comerciais brasileiras para fechamento de empresas, que foi determinada pela Lei da Liberdade Econômica – Lei 13.874 de 20/09/2019.

Marcelo Armôa, Semagro

Publicado por: mmelo@funtrab.ms

Utilizamos cookies para permitir uma melhor experiência em nosso website e para nos ajudar a compreender quais informações são mais úteis e relevantes para você. Por isso é importante que você concorde com a política de uso de cookies deste site.