TVE e Funtrab fazem parceria para divulgar informações aos trabalhadores

Categoria: Geral | Publicado: terça-feira, fevereiro 24, 2015 as 08:53 | Voltar

Campo Grande (MS) - Os trabalhadores terão informações diárias em boletins da Rádio 104 FM e no Jornal da TVE sobre estatísticas de emprego, vagas no mercado de trabalho, intermediação de mão de obra, qualificação profissional, linhas de microcrédito e economia solidária.

O diretor-presidente das emissoras do Estado, jornalista Bosco Martins, e o diretor-presidente da Fundação do Trabalho (Funtrab), Wilton Acosta, definiram a parceria para a prestação de serviços, que atende a uma determinação do governador Reinaldo Azambuja.

Segundo Bosco Martins, dentro da diretriz de tornar as emissoras públicas canais de informação, entretenimento e prestação de serviços, já foram feitos acordos de cooperação mútua com a Receita Federal, o Tribunal Regional do Trabalho e Comando Militar do Oeste. As parcerias vão se estender também com a Fundação de Cultura, Fundação de Turismo, Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul e Detran.

“Nossa meta é ampliar as parcerias com outras instituições, levando aos cidadãos informações úteis e de interesse geral. A falta de diálogo do governo com a população era uma das preocupações do governador Reinaldo Azambuja”, lembra o diretor-presidente da TVE.

Microcrédito - Nessa segunda-feira o diretor-presidente da Fundação do Trabalho foi o entrevistado do Jornal do Rádio na 104 FM para falar do lançamento da nova linha de microcrédito, qualificação profissional e intermediação de mão de obra. Pela nova linha, trabalhadores informais e autônomos, como ambulantes e microempreendedores poderão ter acesso a créditos de até R$ 1 mil sem necessidade de avalista.

“O governo desburocratizou a concessão para o microempreendedor, mas há outras faixas de crédito também sendo disponibilizadas”, disse Acosta.

A Funtrab disponibiliza empréstimos de R$ 300 a R$ 500 sem juros e avalista, apenas taxa de 8% ao ano. Já para valores de até R$ 1.000,00, a taxa de juros é de 1,0 % ao mês, com bônus de 0,3% para pagamentos até o vencimento. Os prazos variam de 10 a 12 meses. De mil a R$ 10 mil, os juros passam a ser de 1.8%, com desconto de 0,5% aos adimplentes.

A Funtrab, segundo Wilton Acosta, tem uma dotação de R$ 5 milhões destinados à organização das cooperativas de trabalhadores que fazem a coleta seletiva. “Pretendemos organizar os catadores, adotar um programa de incentivo aos feirantes e pequenos produtores, para que ampliem suas atividades, propiciando empregos e geração de renda”.

Segundo ele, uma das mudanças nessa nova gestão é a importância que o governador Reinaldo Azambuja dá à qualificação do trabalhador. “A previsão é de qualificar ao menos 20 mil trabalhadores nesse ano”, disse o diretor-presidente da Funtrab, que projeta para a Semana do Trabalhador o lançamento do programa de qualificação de mão de obra. O programa é considerado pelo governo como estratégico, em razão da política de atração de novas empresas e diversificação da base econômica.

Comunicação - TVE

 

 

Publicado por: mmelo@funtrab.ms

Utilizamos cookies para permitir uma melhor experiência em nosso website e para nos ajudar a compreender quais informações são mais úteis e relevantes para você. Por isso é importante que você concorde com a política de uso de cookies deste site.